História

RECIFE ARENA РClube Armandinho de Futmesa РSede Própria

Montagem para Instagran

Momentos de uma inauguração que ficará na minha memória para o resto da vida.

- Descerramento da Placa alusiva a abertura oficial da Sala própria do Recife Arena

- Placa onde consta os nomes daqueles que sempre estiveram comigo nessa batalha

- Primeiros treinos dos amigos jogando as Regras Pernambucana e 12 Toques

- Recebimento da Premiação minha e de Moisés Pena que fizemos jus por vencermos o Campeonato Pernambucano de 2014, organizado pela FEFUMEPE

Agradecimento especial aos botonistas Fl√°vio Afa pela ajuda incessante e ao amigo Willian da PE RETR√Ē pelo incentivo e patroc√≠nio dos lindos trof√©us

FEFUMEPE – COPA COMPECC 2013

COPA COMPECC 2013

COPA COMPECC 2013

Contando com o apoio e patroc√≠nio de mais uma grande Empresa a FEFUMEPE promover√° no primeiro domingo de Dezembro de 2013 a COPA COMPECC. Essa Copa dar√° continuidade as competi√ß√Ķes Oficiais desta Federa√ß√£o que definir√° os finalistas da competi√ß√£o final de 2013 onde ficar√£o conhecidos os Campe√Ķes Pernambucanos deste ano.

Contando com os principais botonistas de Recife a Copa promete bastante equilíbrio.

O Recife Arena e o Sport Recife entrarão com força máxima na competição.

Armandinho

RAIO X DO FUTEBOL DE MESA EM PERNAMBUCO

A ideia que tive para cria√ß√£o de um Site foi exclusivamente em prol do Futebol de Mesa, e sempre procurei emitir opini√£o no sentido de fazer crescer esse esporte, principalmente no meu Estado. Durante todos esses anos, desde que Pernambuco foi inclu√≠do entre as Federa√ß√Ķes que criaram a CBFM¬† – Confedera√ß√£o Brasileira de Futebol de Mesa, que acompanho o crescimento deste esporte no Brasil principalmente em meu Estado, onde sempre procurei divulgar esse esporte no sentido de cada vez v√™-lo crescer ainda mais.

Neste momento tenho sido cobrado por algumas pessoas de Recife¬† e at√© de outros Estados para dar minha opini√£o sobre como est√° o Futebol de Mesa em Pernambuco que j√° foi a lideran√ßa deste esporte no Nordeste em virtude da aus√™ncia minha e de outros conhecidos Botonistas nas competi√ß√Ķes Nacionais Oficiais.

Resolvi fazer um Raio X da atual situação no que se refere prática e desenvolvimento desse esporte que mais cresceu no País em comparação aos outros esportes amadores, mesmo sabendo que mais uma vez sofrerei as críticas  e serei vítima de boatos como aconteceu este ano.

Ssaliento que o escrito a seguir s√£o opini√Ķes minhas e situa√ß√Ķes f√°ceis de serem comprovadas por quem realmente queira levar o Futebol de Mesa como um esporte s√©rio.

Vou come√ßar historiando toda minha experi√™ncia vivida nesses mais de 40 anos participando, organizando e muitas vezes implantando o “jogo de Bot√£o” no nosso Estado.

Conforme está descrito em outra seção deste site, Pernambuco sempre se caracterizou em jogar o Futebol de Mesa com a maior diversificação de Regras. Quando foi fundada a Federação Pernambucana de Futebol de Mesa no final da década de 80, duas Regras Oficiais foram implantadas,que foram:

A de 1 Toque Chamada de Regra Baiana jogada no Sport Recife e no Clube Gerald√£o

A de 3 Toques, chamada de Confederada, jogada na AABB Recife e no Clube dos Correios. Em todos os outros locais do Estado só se praticava a regra

Fora essas duas existia a  Regra Leva-Leva que nunca foi oficializada, mas ainda é até hoje bastante praticada

Na década de 70, antes da oficialização do Futebol de Mesa como esporte, devido a influência de um grande jornalista esportivo chamado Ivan Lima que era botonista e oriundo da Bahia, os pernambucanos passaram a conhecer mais uma das Regras oficiais que foi a de 1 Toque, esta totalmente diferente das que se jogava no Estado que era a Leva- Leva que citei anteriormente e a Pernambucana que menciono mais adiante.

Mesmo com boa influ√™ncia na m√≠dia, a modalidade 1 Toque nunca vingou em Pernambuco e acredito que o principal motivo tenha sido a grande diferen√ßa entre ela e o tipo de “jogo de bot√£o” praticado no Estado,¬† talvez por isso √© que¬† mesmo estando com mais de 30 anos implantada em Pernambuco at√© hoje n√£o conseguiu chegar a ter 30 botonistas e nem mesmo ter nos tr√™s clubes regulares, (quando digo regular √© devidamente registrado na CBFM), praticando a modalidade 1 Toque.

Quero deixar claro que as coisas que cito agora, n√£o se trata de revanchismo e nem quero reviver o caso da grande disputa que houve em Pernambuco no in√≠cio do ano quando dois grupos antag√īnicos disputavam a filia√ß√£o na CBFM por duas Federa√ß√Ķes hoje existentes em Pernambuco, assunto para mim vencido quando da op√ß√£o definida pela Confedera√ß√£o Brasileira.

O fato real √© que dos clubes hoje filiados a Federa√ß√£o Pernambucana e homologados na Confedera√ß√£o Brasileira de Futebol de Mesa – nenhum, repito NENHUM, deles praticam regularmente a Regra 1 Toque que continua restrita a no m√°ximo 20 botonistas jogando em um clube amador que n√£o √© filiado a FPFM, mas continuam a disputar as Competi√ß√Ķes Nacionais representando Pernambuco.

Exponho meu ponto de vista e tenho certeza que nosso esporte nunca poder√° se tornar um esporte ol√≠mpico ou at√© mesmo ser levado a s√©rio por determinadas entidades esportivas enquanto perdurar esse est√°gio de “ajeitado” que existe nas competi√ß√Ķes ditas oficiais que “em tese” deveriam prezar pela legalidade. O que continuo vendo (principalmente em Pernambuco) s√£o competi√ß√Ķes recheadas de Botonistas representando Clubes sem qualquer¬† vincula√ß√£o legal com a CBFM.

Mas, voltando a hist√≥ria do Raio X, relato a seguir a verdadeira situa√ß√£o de como anda, como s√£o disputadas e quais s√£o os clubes e Associa√ß√Ķes que praticam o Futebol de Mesa em Pernambuco que vivenciei participando efetivamente de Competi√ß√Ķes nestes mais de 25 anos.

No final da d√©cada de 80, ap√≥s a oficializa√ß√£o do Futebol de Mesa como esporte amador oficial no Brasil, participei representando Pernambuco na funda√ß√£o da CBFM¬† em Curitiba, onde¬† ficou decidido que todas Federa√ß√Ķes que naquele momento formavam da Confedera√ß√£o deveriam implantar as 3 Modalidades regulamentadas da √©poca que eram, a de 1 Toque, a de 3 Toques e a de 12 Toques, por√©m sendo esta √ļltima a √ļnica n√£o praticada em meu Estado fiquei com a incumb√™ncia de implant√°-la.

Na foto a seguir com Manoel Tubino, na época Presidente do CND quando da oficialização do Futebol de Mesa como Esporte Nacional.

Com Manoel Tubino - Presidente da antiga CND - Conselho Nacional de Desportos

Com Manoel Tubino - Presidente da antiga CND - Conselho Nacional de Desportos

Achei naquela época que não seria difícil implantar a regra de 12 Toques em Pernambuco por ser a mesma a que mais se aproximava daquela Leva-Leva que mencionei acima e mais praticada naquela época pelos jogadores de botão nos diversos recantos do Estado.

Sendo assim comecei a minha cruzada, visitando v√°rios locais onde se “jogava bot√£o” em Recife e¬† tive a oportunidade de ajudar a implantar o Futebol de Mesa em v√°rios e principais Clubes aqui de Recife, que listo abaixo ressaltando suas situa√ß√Ķes individuais.

CLUBE CHESF RECIFE – Sendo na √©poca funcion√°rio CHESF,¬† Empresa que tinha um clube bastante ativo consegui a implantar o Futebol de Mesa e chegamos a disputar competi√ß√Ķes, se filiando a FPFM, mas depois foi esvaziado com a mudan√ßa da diretoria e seu posterior fechamento.

Situação Atual do Clube CHESF РNão funciona mais como Clube.

CLUBE N√ĀUTICO CAPIBARIBE- Comecei a frequentar o Clube sabendo que¬† l√°¬† existia¬† um grande grupo de Botonista que jogava a Regra n√£o oficial¬† (Leva -Leva) e com bot√Ķes diferentes dos padronizados para as Regras Oficiais, consegui implantar esta Regra oficial de 12 Toques, mas os botonistas n√£o aceitaram padronizar os bot√Ķes. Jogamos por duas temporadas e depois a clube acabou com o Departamento de Futebol de Mesa e hoje a maior parte daqueles botonistas ainda jogam em uma liga amadora utilizando a nossa bolinha e a Regra 12 Toques com os seus bot√Ķes fora do padr√£o exigido pela CBFM.

Situação Atual do Náutico РNão pratica o Futebol de Mesa

CLUBE INTERNACIONAL DO RECIFE - Conseguimos implantar o Futebol de Mesa e jogamos uma temporada, mas n√£o conseguimos fili√°-lo a FPFM, o jogo de bot√£o parou no clube e alguns botonistas est√£o espalhados entre os clubes que jogam hoje o Futebol de Mesa.

Situação Atual do Internacional РNão pratica o Futebol de Mesa

CLUBE PORTUGUÊS DO RECIFE РClube de muita tradição em Recife em esportes amadores, fui convidado para implantar o Departamento de Futebol de Mesa, mas houve dificuldade porque o clube só aceita a participação de sócios e não pude levar o projeto pra frente.

Situação Atual do Clube Português РNão pratica o Futebol de Mesa

SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE- Sendo s√≥cio patrimonial do clube cheguei com inten√ß√£o de reativar o Departamento de Futebol de Mesa visto que ele j√° era filiado a Federa√ß√£o Pernambucana, mas n√£o estava praticando este esporte em suas depend√™ncias e existia apenas um dos seus diretores jogando a modalidade 1 Toque assim mesmo fora do clube. Consegui implantar a Regra Pernambucana (n√£o oficial) e a Regra 12 Toques e ajudei a montar uma sala exclusiva para o Futmesa. Foi no Santa onde tive o maior apoio de um clube com uma sala exclusiva para a pr√°tica do Futebol de Mesa, jogamos por v√°rios anos inclusive participando de v√°rias competi√ß√Ķes Nacionais tendo conseguido uma das minhas maiores conquista que foi o vice Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa modalidade 12 Toques em competi√ß√£o realizada na cidade de S√£o Paulo. Infelizmente, como sempre acontece frequentemente nos clubes, a mudan√ßa de diretoria fez com que o Departamento de Futebol de Mesa fosse paralisado. Nas fotos a seguir, primeiro estou recebendo a premia√ß√£o em Campeonato¬† Brasileiro Master em S√£o Paulo representando o Santa e na outra com o Presidente do Clube descerrando a placa de Inaugura√ß√£o da Sala de Futebol de Mesa.

Representando o Santa Cruz e recebendo premiação no Brasileiro 12 Toques

Representando o Santa Cruz e recebendo premiação no Brasileiro 12 Toques

Inauguração sala de Futebol de Mesa do Santa Cruz

Inauguração sala de Futebol de Mesa do Santa Cruz

Situa√ß√£o Atual do Santa Cruz- Neste ano retornou com o Futebol de Mesa e est√° filiado as duas Federa√ß√Ķes existentes em Pernambuco, optou pela FPFM e disputa as competi√ß√Ķes por ela patrocinada, tomara que a atual diretoria aceite ter botonistas participando e comparecendo ao clube sem serem s√≥cios, na minha √©poca esse foi o principal impasse que encontrei por que t√≠nhamos botonistas torcedores do N√°utico e do Sport comparecendo a sala do Santa sem querer se associar ao clube.

AM√ČRICA FUTEBOL CLUBE – Consegui implantar o Futebol de Mesa no Clube e associ√°-lo a Federa√ß√£o Pernambucana, disputamos uma temporada, inclusive consegui ser Campe√£o Pernambucano e disputar competi√ß√Ķes Nacionais representado o Clube, pena que o Am√©rica n√£o tenha tido condi√ß√Ķes de manter um espa√ßo na sede e ficamos apenas com uma temporada, na foto a seguir o momento em que recebo o trof√©u de Campe√£o Pernambucano pelo Clube.

Campeão Pernambucano Master 2011 jogando pelo América

Situação Atual do América РNão pratica o Futebol de Mesa

AABB RECIFE – J√° era s√≥cio do clube quando conheci o Futebol de Mesa praticado l√°, sendo filiado e fundador da FPFM havia sido implantadas duas modalidades oficiais, a regra de 1 Toque embora com poucos botonistas e a Regra de 3 Toques, que era bastante praticada e Departamento de Futebol de Mesa era prestigiado pelo clube. Por esta modalidade chegamos a disputar v√°rias competi√ß√Ķes Nacionais e conseguimos agregar outros clubes como a AABB de Caruaru e o SESI de Moreno, jogamos v√°rios anos, mas a sa√≠da de algumas lideran√ßas fez com que a modalidade 3 Toques fosse paralisada. Consegui implantar a modalidade 12 Toques, inclusive com a forma√ß√£o de uma escolinha¬† cujo maior fruto dela √© garoto Matheus, atual l√≠der do Campeonato Pernambucano patrocinado pela FEFUMEPE e que esta filiado pelo Recife Arena.¬† Pela AABB tamb√©m disputei v√°rias competi√ß√Ķes Nacionais muitas vezes patrocinado pelo clube e fui Campe√£o do Nordest√£o categoria Master. A seguir, fotos com o trof√©u de Campe√£o Brasileiro Bronze e a participa√ß√£o jogando a modalidade 3 Toques.

Campe√£o Brasileiro Bronze 2006 - Socorro SP

Campe√£o Brasileiro Bronze 2006 - Socorro SP

Representando a AABB Recife - Modalidade 3 Toques

Situa√ß√£o Atual¬† da AABB Recife -Segue filiada a FPFM, mas n√£o pratica regularmente o Futebol de Mesa nas depend√™ncias do clube, ou seja, n√£o tem um local exclusivo para a pr√°tica do esporte.¬† A grande dificuldade para o crescimento do n√ļmero de praticante no clube √© que esta AABB s√≥ aceita botonistas que sejam s√≥cios contribuintes, e tendo uma mensalidade um pouco alta muitos botonistas n√£o tem condi√ß√Ķes financeiras de se associar e por isso n√£o podem pertencer ao clube como atleta e n√£o existe um trabalho de polariza√ß√£o dos s√≥cios para a pr√°tica desse esporte. Mesmo filiado a CBFM atrav√©s da FPFM n√£o tem nenhum botonista com registro na Confedera√ß√£o, ou seja s√≥ existe para dar legalidade a Federa√ß√£o em que est√° filiado.

AABB CARUARU- Conforme mencionei acima, sob a influ√™ncia de sua coirm√£ de Recife, iniciou na d√©cada de 90 a praticar o Futebol de Mesa e durante muitos anos praticou apenas a modalidade 3 Toques, com o esvaziamento desta modalidade conseguimos ajudar a implantar a modalidade 12 Toques que funciona at√© hoje e conseguiu que o clube criasse a categoria de s√≥cio atleta com um pagamento de valor menor o que d√° condi√ß√Ķes de ter mais botonistas filiados ao clube, coisa que a AABB Recife n√£o aprovou.

Gin√°sio da AABB Caruaru, Liberado para Competi√ß√Ķes

Gin√°sio da AABB Caruaru, Liberado para Competi√ß√Ķes

Situa√ß√£o atual da AABB Caruaru – Mant√©m a dom√≠nio das decis√Ķes tomadas pela FPFM e todas as competi√ß√Ķes promovidas este ano por essa Federa√ß√£o foram realizadas em Caruaru, pois o clube libera o seu gin√°sio para as competi√ß√Ķes. Embora tenha havido a sa√≠da de algumas antigas lideran√ßas, o clube apoia a atual FPFM que mant√©m as competi√ß√Ķes desta Federa√ß√£o com a participa√ß√£o dos Botonistas do Santa Cruz, da Liga Jardim Brasil, de outros clubes da regi√£o n√£o filiados ( por exemplo, o Nacional de Belo Jardim), como outros clubes do Recife como o Real Boa Viagem, Castelo e Gr√™mio que mesmo sem estarem devidamente regulares, conforme exige a CBFM, participam normalmente das competi√ß√Ķes ditas “Oficiais” pelos que as coordenam.

LIGA JARDIM BRASIL - Essa Associa√ß√£o s√≥ pratica a modalidade 12 Toques, foi fundada por um grupo de botonistas de Olinda e funcionava na sede de uma associa√ß√£o de bairro da cidade. Estava disputando as competi√ß√Ķes patrocinada pela FEFUMEPE onde era filiada e pediu desfilia√ß√£o para se filiar a FPFM

Situação atual da Liga Jardim Brasil РComo a Associação do bairro, em que ela funcionava regularmente, foi demolida está provisoriamente instalada em um Colégio particular na cidade de Olinda  e não tem um local definitivo para a prática desse esporte neste Colégio, dependendo sempre da liberação de uma área improvisada quando este Colégio não está funcionando.

SPORT CLUB DO RECIFE – Come√ßo a pr√°tica do Futebol de Mesa na d√©cada de 80 jogando apenas a modalidade 1 Toque, mas participou pouco das competi√ß√Ķes oficiais nesta modalidade.

Sala Climatizada - Bom espaço para o Botonismo

Sala Climatizada - Bom espaço para o Botonismo

Situa√ß√£o atual do Sport Recife – Est√° atualmente filiada a FEFUMEPE¬† e mant√©m a melhor estrutura para a pr√°tica do Futebol de Mesa em Recife. Det√©m de uma sala climatizada e mant√©m frequentes competi√ß√Ķes internas, mas apenas na modalidade 12 Toques. √Č o Clube com o maior n√ļmero de botonista e disponibiliza seu Gin√°sio Esportivo para a realiza√ß√£o das competi√ß√Ķes patrocinadas pela FEFUMEPE.

Gin√°sio Marcelino Lopes - Liberado para competi√ß√Ķes no Sport

Gin√°sio Marcelino Lopes - Liberado para competi√ß√Ķes no Sport

ZZ CLUBE DE FUTEBOL DE MESA РCom sede em Caruaru, esse clube é recém fundado e por enquanto não está filiado a qualquer Federação, nasceu para praticar predominantemente a modalidade 12 Toques através de José Edson, uma das lideranças da Cidade.

Situação atual do ZZ Futmesa -  Está formando a equipe e estruturando o clube e tem recebido apoio de botonistas e antigas lideranças que não jogam pela AABB Caruaru e deverá se filiar em breve a alguma Federação.

APFM – ASSOCIA√á√ÉO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL DE MESA – Comecei a “jogar bot√£o”¬† ainda garoto nessa Associa√ß√£o¬† onde aprendi a jogar no final da d√©cada de 60, pratica regularmente a Regra Pernambucana n√£o oficial, mas com um grande n√ļmero de adeptos. Fui o seu primeiro Presidente quando conseguimos¬† seu registro como Associa√ß√£o. Consegui, com a aceita√ß√£o dos seus botonistas, implantar algumas coisas que eram usadas na Regra Oficial 12 Toques, como por exemplo o modelo e material que √© fabricado seus campos e a limita√ß√£o de 12 Toques, ainda tentei oficializar a Regra na CBFM, mas n√£o consegui.

Jogando Bot√£obol na Regra Pernambucana

Jogando Bot√£obol na Regra Pernambucana

Situação atual da APFM РContinua em atividade apenas praticando a Regra Pernambucana, não tem interesse em se vincular a qualquer Federação e sobrevive até hoje graças a alguns abnegados que bancam a maioria das despesas de manutenção do espaço da sua sede.

Toda essa minha cruzada em prol da implanta√ß√£o do Futebol de Mesa, especificamente a modalidade 12 Toques nos clubes a Associa√ß√Ķes citadas acima sem grande √™xito durante esses 25 anos e a falta de garantia de continuidade do Futebol de Mesa nos clubes, principalmente nos grandes clubes em Recife foi o principal motivo que fez com que eu resolvesse fundar o meu clube, o Recife Arena- Clube Armandinho de Futmesa.

O RECIFE  ARENA surgiu apenas com a intenção de praticar o Futebol de Mesa e tem como objetivo fazer crescer esse esporte  e prezar sempre pela transparência, legalidade e dignidade dos seus membros.

Recife Arena - Fundado em 2013 apenas para pr√°tica do Futmesa

Recife Arena - Fundado em 2013 apenas para pr√°tica do Futmesa

Situação atual do Recife Arena РFundado este ano, tem sua sede vinculada a uma Empresa do meu filho que é botonista, está em nossos planos para 2014 a manutenção de um espaço exclusivo para o botonismo, na sede da Empresa ou em outro local que está sendo avaliado.

Conforme mencionei, toda essa experi√™ncia vivida fez com que eu tivesse uma certeza que as principais caracter√≠sticas que fazem com que os clubes a Associa√ß√Ķes crescerem a fazerem com que o Futebol de Mesa possam sobreviver s√£o:

1ª) Condição financeira РOs grandes clubes normalmente não investem em departamento amador, principalmente no Futebol de Mesa que é normalmente praticado por antigos jogadores de botão, dificilmente se encontra um clube amador praticando esse esporte a não ser quando ele é dominado por algum abnegado abastado que resolve bancar os custos e manutenção necessária, como é o caso da APFM.

2¬™) N√≠vel intelectual / Gerencial – Muitas vezes um Clube resolve investir na pratica do Futebol de Mesa ou Associa√ß√£o √© fundada para tal, no entanto para atender as exig√™ncias que o atual mercado imp√Ķe hoje, no que diz respeito ao cumprimento de Regras, objetivos, informa√ß√Ķes on line e marketing, se faz necess√°rio ter √† frente pessoas com tempo dispon√≠vel e n√≠vel intelectual necess√°rio para se inserir um conte√ļdo digno de ser divulgado nesse meio t√£o exigente e cheio de Facebook,¬† Blogs, Sites etc. Infelizmente em Pernambuco, n√£o conhe√ßo um clube amador ou uma Associa√ß√£o praticando regularmente o Futebol de Mesa que tenha √† sua frente pessoas dispon√≠veis capacitadas para isso. O Recife Arena tem por objetivo atender as necessidades que o Futebol de Mesa¬† imp√Ķe e estamos desenvolvendo mecanismos para atendermos esses pr√© requisitos.

3¬™) Independ√™ncia/Coopera√ß√£o – Esses s√£o itens dif√≠ceis de se conseguir em um grande clube. Analisando friamente os clubes que hoje em Recife praticam o Futebol de Mesa podemos observar que a maioria deles n√£o levam a s√©rio o Futebol de Mesa e esse esporte amador s√≥ funciona gra√ßas a abnega√ß√£o de algum torcedor do clube que por amizade com a Diretoria daquela gest√£o abre o espa√ßo na agremia√ß√£o para o botonismo e mesmo assim se um Departamento espec√≠fico ou uma Coordena√ß√£o for criada, ficam sempre sujeitas a imposi√ß√Ķes ligadas aos estatutos do clube que muita vezes bloqueiam determinadas atividades necess√°rias ao bom desenvolvimento do Futebol de Mesa. N√£o existe independ√™ncia e geralmente uma coordena√ß√£o de Futebol de Mesa s√£o obrigados a aceitarem participantes que se arvoram do direito de serem s√≥cios, mas nada fazem no sentido de cooperar com esse esporte¬† e muitos deles nem sequer participam das competi√ß√Ķes e eventos internos ali realizados.

Essa é a Real situação do Futebol de Mesa que vivemos em Pernambuco, o Recife Arena nasceu com o objetivo de transpor todos esses obstáculos que vivenciei e relatei, tendo agora como seu principal objetivo o citado acima que é a criação de um espaço exclusivo para  a prática do nosso esporte

Gostaria de receber sugest√Ķes e cr√≠ticas Botonistas ou simpatizantes do Futebol de Mesa¬† ligados a Clubes ou Associa√ß√Ķes que desejam praticar esse esporte t√£o apaixonante e que faz tantos amigos.

Estarei a disposi√ß√£o de ajudar no que for poss√≠vel para que possamos ter mais clubes regulares e em condi√ß√Ķes de praticar o Futebol de Mesa dentro do padr√£o de legalidade e normalidade exigidos para um esporte reconhecido como oficial no Brasil, criado e iniciado no nosso Pa√≠s e j√° difundido em todo Mundo.

Abraços

Armandinho

SALA DO SPORT – COMPETI√á√ēES E TREINOS

Com a abertura para todos os botonistas filiados a FEFUMEPE, a sala do Sport Recife virou um verdadeiro centro de treinamento para os adeptos ao Futebol de Mesa.
Ultimamente novos interessados em praticar o botonismo, principalmente os sócios e torcedores do Sport tem comparecido a sala no intuito de começar a praticar o esporte ou até mesmo retornar a jogar botão como muitos ainda estão assim designando.
Fatos inusitados tem ocorrido l√°, como o que mostro abaixo em foto registrada durante os treinos. O chute encobriu o goleiro Magr√£o furando rede.
Fato difícil de ocorrer e registrar, percebam.

BOLA NA REDE

BOLA NA REDE

CAMPEONATO PERNAMBUCANO INDIVIDUAL – FEFUMEPE

A EMPRESA METROPOLITANA DE ENGENHARIA VAI PATROCINAR A COMPETIÇÃO

A EMPRESA METROPOLITANA DE ENGENHARIA VAI PATROCINAR A COMPETIÇÃO

CAMPEONATO PERNAMBUCANO INTERCLUBES

FL√ĀVIO - RODRIGO ¬ī- MATHEUS - ARMANDINHO - JULIANO

FL√ĀVIO - RODRIGO ¬ī- MATHEUS - ARMANDINHO - JULIANO

Depois de alguns anos sem que Pernambuco realizasse seu Campeonato Interclubes,  a FEFUMEPE promoveu este ano o retorno desta competição.

Baseado no modelo usado na Federação Paulista, foi iniciado neste mês esse Campeonato que promete ser emocionante.

Jogada com 5 Botonistas por clube, a primeira rodada foi realizada na Sala de Futebol de Mesa do Sport que sobrou na rodada.

Assim sendo o Recife Arena jogou com a Liga Jardim Brasil e se deu bem vencendo por 37 x 13.

A segunda rodada será disputada no próximo mês e dessa vez os Gladiadores, como são chamados os botonistas do Recife Arena, enfrentarão os dono da casa que é o Sport que promete vir com força máxima.

√Č aguardar para ver.

Armandinho

CAMPEONATO PERNAMBUCANO FEFUMEPE – RANKING ADULTOS 2013

RANKING BOTONISTAS ADULTOS - FEFUMEPE 2013

RANKING BOTONISTAS ADULTOS - FEFUMEPE 2013

CAMPEONATO PERNAMBUCANO FEFUMEPE – RANKING 2013

Ranking 2013 - Master

Posi√ß√£o dos Masters ap√≥s 3 Competi√ß√Ķes

CAMPEONATO PERNAMBUCANO FEFUMEPE РCOPA GONZAGÃO 2013

RECIFE ARENA GANHA TUDO

RECIFE ARENA GANHA TUDO

Depois de um certo tempo sem atualiza√ß√£o o nosso site volta a ser atualizado, este ano a FEFUMEPE que √© Federa√ß√£o de futebol de Mesa de Pernambuco, apoiada pelo Sport Recife, Liga Jardim Brasil e Recife Arena, reiniciou o patroc√≠nio das competi√ß√Ķes de Futebol de Mesa em Pernambuco.

Tivemos j√° 3 competi√ß√Ķes realizadas, a COPA UNI√ÉO, a COPA DO TRABALHADOR e a COPA GONZAG√ÉO que foi realizada no Col√©gio Souza Le√£o que √© o novo reduto da Liga Jardim Brasil. Saliento que este filiado j√° est√° em processo de reestrutura√ß√£o de sua nova sede e em breve teremos novidades.

Esta √ļltima competi√ß√£o a COPA GONZAG√ÉO foi bastante disputada e contou com botonistas separados por categoria como sempre tem sido feito em Pernambuco sendo que este ano estamos premiando os participantes com trof√©us para s√©rie Ouro e Prata separados pela performance dos jogadores na 1¬™ Fase da Competi√ß√£o.

Aproveito para parabenizar a equipe do Recife Arena que conforme mostra a foto anexa, conseguiu ficar nas primeiras coloca√ß√Ķes nas duas categorias da s√©rie Ouro.

Posteriormente estarei publicando o ranking de entrada deste ano com a colocação de todos os botonistas por categoria.

Parabéns a todos e até a próxima competição РCOPA FEFEUMEPE -que deverá ser realizada na sede do Sport sob o patrocínio da Piano Lab.

Abraços

Armandinho

A SA√ćDA DO MESTRE

Armandinho - Troféu Brasileiro

Queridos Botonistas

Nosso grande mestre nos deixou

Falar de Lorival para mim √© f√°cil, o conhecia desde 1987 ou seja 26 anos atr√°s, quando comecei a jogar na Regra Oficial Brasileira de 3 Toques, naquela √©poca tive a oportunidade de ir v√°rias vezes em sua oficina ainda em S√£o Paulo Capital e juntos troc√°vamos muitas id√©ias sobre modelos e tipos de bot√Ķes.

Através dele idealizei o primeiro botão vitrine e ele confeccionou o Time da AABB Recife que até hoje tenho guardado e que pode ser visto na primeira página deste site onde também podemos conferir uma entrevista exclusiva que fiz com ele.

Lorival era perfeccionista e vaidoso, fazia quest√£o que os bot√Ķes sa√≠ssem perfeitos, refazia e reenviava sem custos aos seus cliente, todos os bot√Ķes reclamados, mas fazia quest√£o tamb√©m de propagar que os bot√Ķes dos Grandes Campe√Ķes tinham sido fabricados por ele.

Infelizmente n√£o conseguiu acompanhar a evolu√ß√£o tecnol√≥gica e n√£o fazias as decora√ß√Ķes como nossos outros fabricantes as fazem hoje.

Mesmo sofrendo ultimamente muitas reclama√ß√Ķes, ainda conseguia fazer bolinhas de boa qualidade, deixando uma grande lacuna na fabrica√ß√£o desse produto que √© t√£o criticado no nosso meio.

Lorival também deixou um legado forte de fabricantes que aprenderam e desenvolveram suas técnicas de fabricação.

O Futebol de Mesa sofreu uma grande perda, como √ļltima lembran√ßa tive a honra de receber dele ainda este m√™s minha √ļltima encomenda, time que em sua homenagem usarei na disputa da decis√£o do Campeonato Pernambucano neste domingo em Caruaru.

Segue uma foto minha com ele, quando tive a honra de receber de suas mãos um precioso Troféu num dos Campeonatos Brasileiros que disputei e que ele estava presente

Minhas condolências a família.

Armandinho